MOVIE #2 – Suicide Squad (2016)

Hello!
Sei que este filme já saiu à algum tempo no cinema, inclusive eu fui vê-lo assim que estreou. Este post ficou no entanto em stand-by e depois ao voltar a ver o filme uma segunda vez, decidi que valia a pena finalizar o post.

Vou ser honesta, eu estava com muito medo ao ver este filme. Eu adoro comics e adoro a Harley Quinn. Quando o primeiro trailer foi lançado fiquei super desiludida pois de repente tínhamos uma Harley Quinn sexualizada com uma roupa que nada tem a ver com ela.

Também tínhamos o Joker… as tatuagens, os grillz, nada tinha a ver com o Joker que estamos habituados a ter.

Mas lá fui eu ver o filme. Pensei que se tinha dado uma chance ao Batman vs Superman (que não achei tão mal como se diz por ai), também tinha que dar ao Suicide Squad. E…

E…

[SPOILERs ABAIXO!]

Adorei o filme! Adorei a Harley Quinn! Adorei o Deadshot e estranhamente adorei a Enchantress.

Este filme é exactamente o que o Suicide Squad é: bando de vilões a limpar a roupa suja ao governo and that’s it! Alguns conhecidos disseram-me que não gostaram do filme porque não tinha nada de especial e só mostrava a Harley Quinn. Well, my friends, na verdade o plot to filme é o mesmo estilo que se encontra nas comics. E acredito que o realizador andou a ler Suicide Squad antes de fazer este filme.

O plot como falei é simples. O nosso Suicide Squad composto por vilões do pior têm que ir salvar alguém importante que ficou preso num local onde a Enchantress se encontra. Existe uma pequena introdução a cada um dos vilões, à excepção do Slipknot que desvalorizaram imenso… E uma maior introdução para a Harley Quinn e o Deadshot. Em defesa a estes dois, acredito que seja pelo facto de o Deadshot ser a personagem principal do filme, e a Harley Quinn ter a sua propria side story dentro do filme. Havia  necessidade de uma introdução maior.

Adorei terem incluindo o Batman, e aquela aparição maravilhosa do Flash!!(Mal posso esperar pelo Justice League! Vai ser espectacular!)

Relativamente aos actores, gostei de todos eles:

Harley Quinn – Margot Robbie foi perfeita, e até aquela roupa do guetto foi tolerável. Desde a personalidade, à voz, à inteligência… Margot foi spot-on para o papel da Harley Quinn, e foi a estrela do filme.

A cena no clube no entanto… Mais uma vez foi uma tentativa de sexualizar uma personagem complexa que tem tudo para vender com a sua história psicológica, mas… Hollywood só quer mulheres despidas e sexo….

No entanto tivemos aqueles 5 segundos disto, e foi quando fiquei rendida ao Suicide Squad:

batman_-_harley_quinn_1

Ao longo do filme, foi possível  ver o background dela, e ao mesmo tempo temos o Joker a tentar salvar a Harley Quinn.

Joker – De todos os Jokers este é certamente o que eu menos gosto. (1ºJack Nicholson, 2ºMark Hamill, 3ºHeath Ledger), mas o Jared Leto tentou fazer algo diferente sem copiar ninguém. O meu problema com este, foi a caracterização física. Entendo que tenham tentado trazer um gangsta de 2016, mas o Joker tem aquela classe de andar de fatinho e vai sempre ter um feeling à anos 60. Ele não aparece muito no filme, mas quando aparece o interesse é sempre o mesmo: Harley Quinn.

Sinceramente, a versão Extended to filme mostra com muito mais detalhe a relação de ambos e em como o Joker não queria ter nada a ver com a Harley, mas acabou por a a tolerar. (Um dia faço um post sobre a relação dos dois) – My heart scares you, but a gun doesn’t?

Deadshot – Bem, é o Will Smith versão badass. É a personagem que mais traz o elemento humano ao filme. Melhor cena sem duvida alguma quando ele tem que provar que nunca falha. 🙂

El Diablo – Gostava que o El Diablo tivesse tido mais protagonismo no inicio do filme e honestamente espero que o final não tenha sido mesmo o filme. A caracterização do Jay Hernandez apesar de diferente das comics, ficou-lhe muito bem.

Captain Boomerang – Personagem mais irritante do filme. Just like the comics, well done!

Slipknot – O que é que te aconteceu, dude?!

Katana – Tem uma Katana o que lhe faz ser automaticamente badass.

Enchantress – Aqui está uma personagem que nada tem a ver com as comics, mas por uma razão estranha eu adorei. Eu gosto desta versão dos pântanos. Apesar, Cara Delevingne não seja a melhor atriz, fisicamente com a sua beleza bizarra ela conseguiu fazer-nos sentir arrepiados com a Enchantress.

Rick Flair – Não é o Nature Boy, mas sim o Líder deles todos. Eu gosto muito do actor Joel Kinnaman (Robocop de 2014), e ele tem jeito para ser dramático. Neste filme, ele foi mediano, tentou fazer o papel, mas com tantas  personagens especiais no filme ele passa muito despercebido.

Killer Croc – He’s beautiful! A sério, gostei muito que não utilizaram CGI. Das poucas falas que ele tem, tráz sempre bom humor (um pouco como o Hulk no Avengers).

Amanda Waller – Viola Davis foi certamente a pessoa que melhor intepretou a sua personagem. Esta Amanda, é A Amanda das comics!

Então…

No geral, para mim:

  • CGI: 7/10
  • Plot:8/10
  • Actores: 7/10 (10/10 para a Harley e Amanda)
  • Joker: 5/10
  • Overall: 8/10
  • Vou adquirir o Blu-ray? – SIIM!! Special Edition!!

A minha sugestão é para quem nunca viu o filme, ou deseja ver outra vez, vejam a extended version, pois compensa e faz muito mais sentido!

Suicide_Squad_(film)_Poster.png

Imagens não me pertencem. São propriedade da DC Comics e Warner Brothers respectivamente.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s